h1

Atropelei um gato

Maio 27, 2008

Ontem atropelei um gato. Era ainda um gatinho de cor branca. Atravessou-se à frente do carro e não tive tempo de travar. Abrandei o olhei para trás. Ele esteve uns segundos a rodopiar atordoado, pensei que o tinha aleijado nas patinhas porque não se conseguia levantar. Mas, depois de umas piruetas, ergueu-se e trepou ao muro mais próximo. Dei comigo a pensar em qual das “sete vidas” ele estaria…

Fiquei muito incomodada.

Logo havia de ser um gato!!

Arte de Teoh Kaisuan

One comment

  1. É sempre emocionalmente dificil atropelar um ser vivo mesmo que seja um gato(a). Felizmente a última imagem retida é a do corpo branco e ágil a saltar o muro numa prova de vitalidade juvenil. Pela ordem natural da evolução é bom pensar que ainda tem 6 pela frente e que ainda fará ron ron e que se enroscará nas pernas publicitadas pelo de+pilador Veet ou Braun



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: