Archive for 11 de Novembro, 2008

h1

Silêncio

Novembro 11, 2008

Dos corpos esgotados que silêncio

tão apaziguador se levantava!

(Tinha uma rosa triste nos cabelos,

uma sombra na túnica de luz…)

Para o fundo das almas caminhava,

devagar, o sonâmbulo silêncio.

(Que apertados anéis nos braços nus!)

Mas o silêncio vinha desprendê-los.

David Mourão-Ferreira

Arte autor desconhecido

Anúncios