Archive for Janeiro, 2009

h1

Os silêncios

Janeiro 22, 2009

Não entendo os silêncios

que tu fazes

nem aquilo que espreitas

só comigo

Se escondes a imagem

e a palavra

e adivinhas aquilo

que não digo

Se te calas

eu oiço e eu invento

Se tu foges

eu sei não te persigo

Estendo-te as mãos

dou-te a minha alma

e continuo a querer

ficar contigo

Maria Teresa Horta  in Só de Amor (Quetzal Editores, 1999)

Arte de Giovanni Strazza

Anúncios
h1

Um dia

Janeiro 21, 2009

Um dia

sem ouvir a tua voz

é como descobrir

que o mar morreu.

David Mourão-Ferreira

Arte de Sasha Bassari

h1

Porque será

Janeiro 20, 2009

Por que será meu amor

que sempre

na tua ausência tudo se suspende

e o vício de te ver é tanto

que em todo o sítio meu amor

te invento

Maria Teresa Horta

Arte de Yossi Kotler

h1

Esta noite

Janeiro 19, 2009

Esta noite morri muitas vezes, à espera

de um sonho que viesse de repente

e às escuras dançasse com a minha alma

enquanto fosses tu a conduzir

o seu ritmo assombrado nas trevas do corpo,

toda a espiral de horas que se erguessem

no poço dos sentidos. Quem és tu,

promessa imaginária que me ensina

a decifrar as intenções do vento,

a música da chuva nas janelas

sob o frio de fevereiro? O amor

ofereceu-me o teu rosto absoluto,

projectou os teus olhos no meu céu

e segreda-me agora uma palavra:

o teu nome – essa última fala da última

estrela quase a morrer

pouco a pouco embebida no meu próprio sangue

e o meu sangue à procura do teu coração.

Fernando Pinto do Amaral

Arte de Claude Theberg

h1

Foi para ti

Janeiro 18, 2009

Foi para ti que criei as rosas

Foi para ti que lhes dei perfume

Para ti rasguei ribeiros

e dei às romãs a cor do lume.

Eugénio de Andrade

Imagem: Misti Pavlov

h1

E desde então

Janeiro 17, 2009

E desde então, sou porque tu és

E desde então és

sou e somos…

E por amor

Serei… Serás…Seremos…

Pablo Neruda

Arte de Ron Hicks

h1

Desejo

Janeiro 16, 2009

Lambe-me

devagar

o céu da boca

como se a voasses

Maria Teresa Horta

Arte por  Paul Van Ginkel