h1

Abandono

Abril 26, 2010

Não digas nada, deixa apenas

as mãos entregues ao calor das minhas

e olha-me nos olhos como quando

nos fitávamos, pássaros surpresos

do próprio voo, adolescente e luminoso.

Ambos sabemos desde há muito: a vida

é uma longa paciência e não há forma

de viver ao abandono dos que amamos.

Sobrevivamos, pois, no fio dos dias

que nos restam ainda, se é que o tempo

nos favorece como dantes.

E mantenhamos as mãos coladas,

olhares fitos um no outro, meu amor.

Torquato da Luz

Imagem: Jenna Morrison

Anúncios

One comment

  1. Muito bonito e profundo



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: