Archive for 27 de Agosto, 2013

h1

Nada mais [com Vera Sousa Silva]

Agosto 27, 2013

Busco a paz nos teus olhos
e repouso no teu beijo
carente de ternura.
Num abraço há um poema
perfeito
respirado nos corpos.
Vivemos poesia
e nada mais sobra
para além do amor.

Quero a serenidade dos lábios
onde me vejo deitado
vazio de ânsias.
Num beijo há um verbo
intemporal
conjugando vontades.
Somos poesia
e nada mais existe
para além de nós.

Emanuel Lomelino,

in LICENÇA POÉTICA (Duetos Lomelinos) [Lua de Marfim, 2011]

Imagem: Xi Pan

Anúncios
h1

O teu nome

Agosto 27, 2013

Flor de acaso ou ave deslumbrante,
Palavra tremendo nas redes da poesia,
O teu nome, como o destino, chega,
O teu nome, meu amor, o teu nome nascendo
De todas as cores do dia!

 Alexandre O’Neill ,

in TEMPO DE FANTASMAS (1951), in POESIAS COMPLETAS 1951/1986 (INCM, 3ª ed. , 1995)

Imagem: Richard Burlet’s Art