h1

Tronco que respira

Fevereiro 11, 2014

A terra aclara o tronco
que respira o teu olhar.
O espaço acalenta a feliz nudez
de um jardim que repousa.

Ao fundo a água sossega
a transparência das nuvens dobradas.
Precipitam-se as imagens vivas
dos animais do céu…

As árvores aproximam a minha boca
do teu corpo presente.
Num impulso o sol aproxima-te
da minha água.

Bebe, sacia a tua sede de mim.

Cláudio Cordeiro, in Um tudo nada água (Lua de Marfim, 2012 )

Arte por Matteo Arfanotti

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: