h1

A tua boca

Fevereiro 19, 2014

Beijo os teus dedos de sol e vento,
E fico dividida entrte o sabor a sal
E o poema escrito nas linha da tua mão.
Beijo os teus lábios e a brisa pára
Para segredar-me que o mar é doce,
Enquanto fecho o livro de búzios
E o poema na volúpia naufraga

Manuela Alves,

in Colectânea de Poesia Contemporânea da Beira Interior 2001 (Kreamus, 2001)

Arte por Kurt Van Wagner

One comment

  1. Poesia romanticamente iluminadora!



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: