Archive for 28 de Fevereiro, 2014

h1

Poema do eterno retorno

Fevereiro 28, 2014

Há o teu rosto dentro do teu rosto: único e múltiplo.
As tuas mãos de outrora nas tuas mãos de agora
Há o primeiro amor que é sempre o último
antes do tempo ou só depois da hora.

E vinhas de tão longe. E era tão fundo.
Eu conheço-te. E era por mim. E era por ti. E era por dois.
E havia na tua voz o princípio do mundo.
E era antes da Terra. E era depois.

Manuel Alegre, in Livro do Português Errante (Pub. D. Quixote, 2001)

Arte por Aram Nersisyan

Anúncios