Archive for 29 de Agosto, 2014

h1

Janela corporal

Agosto 29, 2014

Abro a janela do teu corpo
Afasto as vestes dos teus cabelos
Acaricio os degraus do teu seio
E digo-te…
Vem murmúrio doce
A manhã é eterna quando se ama!

José Luís Outono, in Mar de Sentidos (Ed. Vieira da Silva, 2012)

Arte de Jan Delikat