Archive for Janeiro, 2012

h1

Carícia

Janeiro 24, 2012

A pele é o mar:

aqui desaguam

os rios da vida.

A pele é o cântaro:

aqui se guardam

todas as águas,

chuvas de alegria

ou lágrimas.

A pele é o mapa:

aqui se gravam

todos os ventos.

Escreva na pele do outro,

com a ponta dos dedos,

o alfabeto mais antigo,

sussurro,

estrela,

carícia.

Roseana Murray

Imagem: Nancy Almazán

Anúncios
h1

Brincadeira

Janeiro 18, 2012

Brinca comigo à procura
de uma estrela noutro céu
Brinca e lava a noite escura
com os sonhos que Deus te deu

Começa devagarinho
– por favor, não tenhas medo,
que o meu coração fez ninho
dentro do teu em segredo

Acorda os anjos que dormem
com a luz do teu sorriso
Faz com que não se conformem
e saiam do paraíso

Deixa-os entrar de repente
no teu quarto, a esta hora
em que a verdade mais quente
é o sono que te devora

Brinca comigo às escuras,
ensina-me o que não sei
Onde estás? Porque procuras
o coração que te dei?

Fernando Pinto do Amaral

Imagem: Marlina Vera

h1

O aprendiz

Janeiro 8, 2012

 

Maria,
Faz barco da minha mão e da tua leme. Abriga o mar no teu corpo e navega a todo o pano. Eu? Fico em terra. Maravilhado; invejoso; e – confesso… – um pouco ufano:).

Júlio Machado Vaz, in murcon.blogspot.com

Imagem: Marlina Vera